Seis elementos do Corpo de Bombeiros do Sul e Sueste concluíram recentemente com êxito a sua formação como Tripulantes de Ambulância de Socorro (TAS), após a frequência do curso ministrado por Entidade Formativa Acreditada pelo Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), integralmente financiado pela Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários do Sul e Sueste:

  • Subchefe Nuno Machado
  • Bombeira de 2ª Ana Rita
  • Bombeiro de 2ª Miguel Mendes
  • Bombeira de 2ª Íris Milheiro
  • Bombeira de 3ª Cláudia Martins
  • Bombeira de 3ª Rita Garcia

Desta forma, o Corpo de Bombeiros do Sul e Sueste já ultrapassou o objetivo fixado para o ano de 2017 no que respeita a esta qualificação diferenciada, detendo presentemente um total de 35 Tripulantes de Ambulância de Socorro (TAS), imprescindíveis para a prestação do socorro em matéria de emergência préhospitalar com melhor qualidade e redobrada competência técnica, no âmbito do Sistema Integrado de Emergência Médica (SIEM).

Evolução estatística do número de Tripulantes de Ambulância de Socorro (TAS)
no Corpo de Bombeiros do Sul e Sueste

Ano Número de TAS
2011 5
2012 13
2013 22
2014 27
2015 29
2016 30
2017 35

 

O Corpo de Bombeiros do Sul e Sueste, enquanto Posto de Reserva no âmbito do SIEM, detém a competência técnica (35 Tripulantes de Ambulância de Socorro) e os meios materiais (4 Ambulâncias de Emergência) para corresponder às solicitações do Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) do INEM – Instituto Nacional de Emergência Médica, quer na Área de Atuação Própria, quer na totalidade da área geográfica do concelho do Barreiro e nos concelhos limítrofes, para os quais o Corpo de Bombeiros é muitas vezes ativado (cerca de 30 % das emergências pré-hospitalares realizadas pelo Corpo de Bombeiros do Sul e Sueste são para fora do concelho do Barreiro, conforme demonstram os dados estatísticos).

 

BVSS, 2017-07-07

Partilhe esta notícia