O Benfica ficou este fim-de-semana a três pontos de vencer o seu 34º título nacional. A vitória por 4-0 frente ao Penafiel foi conseguida com grande tranquilidade e com um ritmo de jogo menos intenso do que é habitual. Este resultado acaba também por ditar a descida à Segunda Liga do Penafiel uma época depois de ter regressado ao principal escalão do futebol Português. Seguem-se agora dois jogos de extrema importância para o Benfica. Apesar de bastar vencer um para comemorar o título, os pupilos de Jorge Jesus não vão querer desperdiçar a oportunidade de resolver a questão já em Guimarães para que o último jogo na Luz frente ao Marítimo seja de consagração e sirva também para poupar alguns jogadores para a final da Taça da Liga.

Aliás, o passado recente dita que toda a estrutura do Benfica esteja cautelosa, concentrada e fora de climas de euforia. Ninguém quer repetir o que se passou na época 2012/13 onde festejos precipitados ditaram uma época sem títulos, até porque o F.C. Porto ainda não deitou a toalha ao chão e manteve a desvantagem de três pontos para a equipa da Luz vencendo o Gil Vicente por 2-0. A equipa comandada por Lopetegui espera que o Benfica possa ter dois deslizes nestes últimos jogos mas também não terá tarefa fácil no próximo fim-de-semana no Restelo perante um Belenenses que luta ainda por uma posição de acesso à Liga Europa de 2015/16.

E porque o nosso campeonato não é só a questão do título, vamos agora olhar para as outras “guerras” que ainda estão a acontecer e a luta pelos lugares de acesso à Liga Europa está ao rubro. O Sp. Braga pode ver o quarto lugar ameaçado pelo V. Guimarães caso a equipa da cidade berço vença hoje na Madeira o Nacional. Contudo, os Madeirenses também precisam de vencer para se aproximarem do sexto lugar e é na luta por este lugar de acesso Europeu que as coisas estão “quentes”. O Paços de Ferreira ocupa essa posição com os mesmos pontos do Belenenses (44 pontos) seguindo logo atrás o Rio Ave com 43, o Marítimo com 41 e o Nacional com 40 mas com menos um jogo. Para além do Guimarães-Benfica e do Belenenses-F.C. Porto, que vão ajudar a muitas decisões, temos também na luta Europeia o Marítimo-Rio Ave a despoletar atenções.

Na luta pelos últimos lugares, e com o Penafiel já despromovido, temos ainda quatro equipas que lutam para não descer. A Académica tem 29 pontos e precisa somente de um ponto nestes dois jogos para não descer. Seguem-se o Arouca com 28 e o V. Setúbal com 26 e estas duas equipas vão-se encontrar este fim-de-semana no Estádio do Bonfim, quem vencer o jogo garante automaticamente a manutenção. O Gil Vicente (23 pontos) segue no penúltimo lugar e para evitar a descida tem que vencer obrigatoriamente os dois jogos que lhe falta e ainda esperar que as três equipas à sua frente percam pontos.

Esperam-se emoções bastante fortes no próximo fim-de-semana onde se pode decidir o campeão e alguns dos lugares de acesso à Liga Europa 2015/16. Quanto à manutenção, se o Gil Vicente perder acompanha o Penafiel de regresso à Segunda Liga.

 

Ricardo Santos

Marketeer

Partilhe esta notícia