Chegando aquela altura do ano em que temos de criar a típica mensagem de desejos de bom ano, atrevi-me a escrever uma que agrade a gregos e a troianos, confesso que foi difícil. Bastante até.  O mundo como me apresentaram mudou totalmente, mas inspirado pelo deputado alemão Steffen Königer, aqui vai!

Caso se sintam discriminados e ofendidos estão completamente à vontade para pedir alguma correção ou acrescento, se bem que fiquei com a sensação que poderá de facto vir a tornar-se real a segunda opção!

Votos de um bom ano de 2017 para os homens e mulheres!

Votos de um bom ano de 2017 para os homens que se sintam atraídos por mulheres, e pelas mulheres que se sintam atraídas por homens.

Votos de um bom ano de 2017 para os homens que se sentem mulheres e para as mulheres que se sentem homens!

Votos de um bom ano de 2017 para os agéneros, aqueles que nem são mulheres nem homens!

Votos de um bom ano de 2017 para os andróginos e os bigéneros!

Votos de um bom ano de 2017 para os gays e Lésbicas!

Votos de um bom ano de 2017 para os genderqueer e para os duplo-espirito!

Votos de um bom ano de 2017 para os género em dúvida!

Votos de um bom ano de 2017 para os intersex e para os que não têm género!

Votos de um bom ano de 2017 para os transexuais, os transexuais masculinos e os transexuais femininos!

Votos de um bom ano de 2017 para os pangéneros!

Votos de um bom ano de 2017 para os cis, para as mulheres cis, para os homens cis, para os cis femininos e cis masculinos!

Votos de um bom ano de 2017 para os bissexuais!

Votos de um bom ano de 2017 para os assexuais!

Votos de um bom ano de 2017 para os demisexual, arromantic e para os cross-dresser!

Votos de um bom ano de 2017 para os drag king e drag queen!

Votos de um bom ano de 2017 para os hermafroditas!

Votos de um bom ano de 2017 para os terceiro género, os skoliosexual e para os travestis!

Votos de um bom ano de 2017 para os que não têm género e para os quarto género!

E por fim um bom ano de 2017 para ti caso não te sintas identificado com nenhum destes géneros, pela conta do facebook já são mais de 56. As minhas desculpas por me esquecer de algum.

 

Desejos para 2017? Dos dois, um!

1-      Atendendo ao referencial da Educação para a Saúde que esteve em discussão nos últimos tempos e visto todo um mundo novo que acabo de vos apresentar parece-me que se torna curto e até um pouco injusto o atual programa curricular da disciplina de Educação Sexual. Como tal, desejo que em 2017 no mínimo se aumente a escolaridade obrigatória até aos 30 anos, diria eu. E que o Governo meta todos os pais nas Novas Oportunidades, para ficarem a par da matéria.

OU

2- Ficava grato se não tivesse de escrever uma mensagem de bom ano tão grande para 2018. Como tal, quero a Ideologia de género fora daqui em 2017!!!

 

 José Maria Matias

Partilhe esta notícia