Realizou-se na passada terça-feira, 30 de junho, pelas 21:00h, a assembleia geral da União Mutualista Nossa Senhora da Conceição, que decorreu na Galeria Municipal
A assembleia, cujo objetivo foi a apresentação das contas e relatório de gestão do exercício de 2019, já havia sido adiada devido à situação de pandemia que todos vivemos.  Foi, aliás, feito o público agradecimento à Câmara Municipal do Montijo pela cedência do espaço, que, com todas as condições de distanciamento físico e todas as medidas de higiene e prevenção, permitiu a concretização da Assembleia, que habitualmente decorre nas instalações do lar Montepio, agora vedado a todos os que são externos aos serviços. 
O relatório de gestão, de um dos exercícios considerado dos de maior dificuldade na história da instituição, foi apresentado pela Dra Fátima Lobo, que, de uma forma muito clara e assertiva, foi explicando um a um os resultados obtidos em cada uma das valências da mutualista do Montijo. 
Os dados apresentados refletem uma melhoria significativa em todas as valências e um comprometimento muito maior de todos com a realidade, o que perspectiva para a associação um caminho exigente, onde é imperativo responder às exigências do PER, mas que se pode fazer seguro, contrariamente à situação de impasse e de risco efetivo que foi vivida pela Associação há bem pouco tempo atrás.
Os resultados de 2019 foram de 78.143 € positivos contra 318. 705,10 € negativos, em 2018. Ambos os resultados contam com o peso das compensações, fruto da reestruturação, caso contrário seriam bastante mais positivos. De qualquer forma, os cerca de 400 mil euros na diferença dos resultados de exploração entre 2018 e 2019 foram destacados e reconhecidos por todos. 

Praticamente todas as valências apresentam um resultado positivo, muito devido às decisões de gestão que em bom tempo se tomaram e que permitiram o reequilíbrio da União Mutualista Nossa Senhora da Conceição. 
Durante a apresentação do relatório de gestão a Dra Fátima Lobo, com larga experiência na vida empresarial, referiu mesmo que, em termos pessoais, nunca tinha assistido a uma recuperação com o impacto tão grande como aquela que se verificou no caso da unidade de idosos da mutualista do Montijo, a qual contou não só com a reestruturação de pessoal e reorganização dos serviços, mas também com a renegociação do acordo com a Segurança Social, que permitiu dar um salto extraordinário naquilo que vinha a ser a atividade deste equipamento. 
No final, após a apresentação do relatório de gestão, o Conselho Fiscal apresentou o seu parecer, o qual veio, em tudo, consagrar os dados anteriormente apresentados   Esse mesmo parecer propunha à assembleia a aprovação das Demonstrações financeiras do exercício de 2019, bem como do Relatório de gestão referente ao exercício. O presidente do conselho fiscal apresentou ainda um voto de louvor ao conselho de administração e a todos os trabalhadores da União Mutualista Nossa Senhora da Conceição pelos resultados obtidos, o qual foi aprovado por unanimidade e aclamação. 
Também a presidente da mesa da assembleia-geral propôs à assembleia a autorização para submeter uma proposta de voto de louvor, com o qual quis destacar o trabalho muito exigente assumido e concretizado, não só pela administração, mas também por todos os trabalhadores da União Mutualista neste período tão exigente, como é o da pandemia. Também este voto de louvor foi aprovada por unanimidade e aclamação