A Escola Básica 1/Jardim-de Infância dos Fidalguinhos foi a vencedora do Concurso de Figuras de Natal Ecológicas, promovido pelo Centro de Educação Ambiental (CEA) da Mata da Machada e Sapal do Rio Coina, dirigido à Comunidade Educativa. Creche Rainha D. Leonor e “Frases de Encantar” foram, respetivamente, 2ª e 3ª classificadas. Receberam menções Honrosas a EB 2,3 D. Luís Mendonça Furtado, o Centro Hospitalar Barreiro/Montijo – Serviço de Pediatria e Escola Secundária de Casquilhos.

 

A Cerimónia de Entrega de Prémios decorreu na manhã de hoje, sexta-feira, 11 de dezembro, no Mercado Municipal 1º de Maio, onde se encontram em exposição, até 2 de janeiro de 2016, os 27 trabalhos submetidos a concurso, realizados por estabelecimentos de ensino da rede pública, privada e de solidariedade social do Concelho, concebidos com materiais reutilizados, no horário do Mercado, ou seja de segunda a sexta-feira, das 7h00 às 14h00 e das 16h30 às 19h30; sábado, das 7h00 às 16h00.

 

Na Cerimónia de Entrega de Prémios marcaram presença os vereadores da Câmara Municipal do Barreiro (CMB) responsável pelo CEA, Bruno Vitorino, e pela Educação, Regina Janeiro, e os três membros de Júri – Sérgio Saraiva, Vogal Executivo do Conselho de Administração (CA) da Baía do Tejo, Vanessa Lavrador, trabalhadora da CMB, e a artista Maria del Toro.

 

Sensibilizar para as questões da sustentabilidade e ambientais

A partir do velho podemos fazer coisas fantásticas

 

O Vereador responsável pelo CEA enalteceu os participantes, reconhecendo ficar surpreendido ao constatar a criatividade aplicada nos trabalhos, ano após ano. Há “trabalhos muito engraçados”, disse, admitindo: “Tem-nos surpreendido a qualidade”. Esta iniciativa, conforme sublinhou Bruno Vitorino, contribui para “sensibilizar para as questões da sustentabilidade, para as questões ambientais”.

 

“É, também uma forma de dizermos que nem tudo tem que ser novo. A partir do velho podemos fazer coisas fantásticas”, afirmou a Vereadora da Educação, referindo-se à originalidade dos trabalhos apresentados.

 

O representante da Baía do Tejo salientou o “trabalho bastante difícil” no processo de seleção realizado pelo júri do Concurso, tendo em conta a diversidade de figuras de Natal. Sérgio Saraiva referiu, ainda, os critérios de avaliação dos trabalhos que passavam pela originalidade, utilização de materiais recicláveis e sustentabilidade do artigo produzido.

 

Sensibilizar os munícipes, através de uma atividade lúdica e de expressão artística para a importância e vantagens da reutilização de materiais na criação de novos objetos é o objetivo do evento.

 

Aos três melhores trabalhos, foram atribuídos os seguintes prémios: 1º – no valor de €500 (quinhentos euros); 2º – no valor de €350 (trezentos e cinquenta euros) e 3º – no valor de €250 (duzentos e cinquenta euros).

 

O Concurso de Figuras de Natal Ecológicas está inserido na programação de Animação de Natal 2015 promovida pelo Município, pelas Uniões de Freguesia do Concelho e pela Junta de Freguesia de Santo António da Charneca. Pode ser consultado no Sítio Oficial da CMB na Internet, página http://www.cm-barreiro.pt/frontoffice/pages/792?news_id=5380.

Partilhe esta notícia