A Subida do Rio Coina realizou-se pela décima primeira vez, atingindo uma marca notável, sendo uma iniciativa que onde já participaram largas centenas de pessoas.

Na edição deste ano, estiveram presentes mais de 150 pessoas e várias dezenas de embarcações, com o objetivo de uma vez mais sensibilizar a população para a biodiversidade existente no Sapal do Coina e para a sua preservação.

“Esta é uma área de valor excepcional, funciona como uma protecção contra a erosão, sendo um berçário de peixes, nidificação de aves e de animais terrestres, para além de possuir condições privilegiadas para a prática desportiva “, sublinha o vereador do PSD na Câmara Municipal do Barreiro, Bruno Vitorino.

“Este é um espaço com um potencial de valorização económica muito grande, mas para isso é necessário uma estratégia, para que se possa pôr isso em prática”, defende.

Neste âmbito, o social-democrata lembra a candidatura ao Programa Life+ destinado a atividades de conservação da natureza, num investimento global de aproximadamente 1 milhão e 300 mil euros, sendo que metade do financiamento é proveniente de fundos comunitários, em que parte das intervenções projetadas foram realizadas no Sapal do Coina.

Este é um projeto totalmente inovador a nível europeu, porque permite combater espécies invasoras através de ações de voluntariado

Desde que este programa iniciou há dois anos, a área total intervencionada foi de 154,78 hectares, onde foram envolvidos mais de 1500 voluntários e onde o número de participantes nas iniciativas ultrapassou os 450.

Partilhe esta notícia