O vereador do PSD na Câmara Municipal do Barreiro, Bruno Vitorino, implementou este ano um programa de vigilância e proteção da floresta da Mata da Machada, que tem por objetivo a detenção precoce de fogos florestais neste espaço e nas áreas circundantes, bem como a sensibilização da população para a proteção das florestas.

De 15 de julho a 15 de setembro, ao longo de quatro quinzenas, serão constituídas equipas de três elementos, envolvendo um total de 12 jovens, com idades entre os 18 e os 30 anos, que irão vigiar esta área florestal do concelho do Barreiro.

Para tal, estes jovens irão receber uma bolsa diária e a autarquia irá disponibilizar um kit que conterá um telemóvel, binóculos, um mapa da Machada e águas.

Este projeto resulta de uma organização conjunta do Centro de Educação Ambiental e da Associação dos Amigos da Mata da Machada, e conta com o apoio do ICNF e dos Bombeiros Voluntários do Corpo de Salvação Pública na área da formação destes jovens. O Parque Empresarial Baía do Tejo apoia esta iniciativa, no âmbito da sua responsabilidade social.

O vereador Bruno Vitorino realça a importância de todo o tipo de iniciativas que ajudem a proteger e preservar a Mata da Machada.

“O programa Jovens Voluntários para a Floresta era um programa bastante interessante e ao qual aderimos durante muitos anos. No entanto, e lamentavelmente, o Estado não voltou a lançá-lo, o que fez com que tivesse que ser a autarquia a lançar um programa próprio para colmatar esta falha”, sublinha.

Partilhe esta notícia