A Câmara Municipal de Setúbal aprovou ontem, em reunião pública, a celebração de um protocolo com a Vilarlombo, empresa que, no âmbito de um investimento industrial a realizar na zona da Cachofarra, irá, ao abrigo da Lei do Mecenato, colaborar com a autarquia em diversas ações, nomeadamente na beneficiação de espaços públicos.

A Vilarlombo – Sociedade Imobiliária, no acordo agora aprovado, compromete-se a executar o projeto e a obra de requalificação como via urbana do troço da EN10-4 localizado entre o Km 13,580 e o Km 14,670.

O protocolo estabelece ainda que a empresa cede ao Município uma parcela de terreno com cerca de 2 mil metros quadrados, avaliada em cerca de 50 mil euros, para construção de um equipamento público e transfere uma verba de 450 mil euros para fins culturais, desportivos, recreativos e de beneficiação de espaços públicos.

O valor é pago em montantes iguais nos três primeiros anos de atividade da empresa, que pretende implantar, na Quinta da Cachofarra, uma instalação para armazenagem de produtos petrolíferos e similares/terminal de líquidos e quatro edifícios.

O protocolo entre a Câmara Municipal de Setúbal e a Vilarlombo termina a vigência quando estiverem concluídas todas as ações previstas neste acordo.

Partilhe esta notícia