A Câmara Municipal e a Sociedade Agrícola de Rio Frio apresentam hoje, às 18h30, no Núcleo de Arte Sacra, à população em geral os vinhos “Foral de Alcochete”. Integrado nas comemorações dos 500 Anos do Foral, o lançamento da marca “Foral de Alcochete” perpetua, através da produção vitivinícola, esta data histórica para o Concelho de Alcochete.

Nesta primeira fase serão apresentados o vinho “Foral de Alcochete” branco e tinto, no entanto, é intenção que sejam igualmente produzidos, com o cunho desta marca, vinhos licorosos e espumantes.

Recorde-se que, em Maio, no âmbito da iniciativa cultural “Alcochete de D. Manuel I”, o Município de Alcochete e a Sociedade Agrícola de Rio Frio assinaram um protocolo de cooperação que formalizou a criação desta marca.

“A marca Foral de Alcochete é resultado de uma parceria estratégica, de um entendimento mútuo de que é possível haver cooperação entre os agentes públicos e privados na organização e promoção do desenvolvimento e no respeito pelas particularidades e condições de cada um dos parceiros”, disse o Presidente da SARF, José Ramos Rocha.

Com caraterísticas únicas, e a 20km da cidade de Lisboa, a Herdade de Rio Frio está a concretizar um amplo projeto agrícola, integrando não só o enoturismo, mas também o turismo equestre.

O projeto vitivinícola em desenvolvimento na Herdade de Rio Frio tem como objetivo a recuperação dos valores históricos e culturais ligados ao “imagético” de Rio Frio, que, no final do século XIX e princípios do século XX detinha o que foi, outrora, considerado como a maior vinha do mundo com 4000 hectares.

Atualmente composta por castas nacionais e estrangeiras, e com 118 hectares, a vinha de Rio Frio acentua a diversidade, procurando recuperar algumas castas regionais e métodos tradicionais de produção.

Partilhe esta notícia