O Complexo Desportivo Municipal Supera Setúbal, que se constitui como um equipamento qualificador e de atração de novos investimentos, em construção na zona da Praça de Portugal, tem abertura agenda para o primeiro trimestre de 2020.

“Este é um espaço-âncora que valoriza a cidade e que acrescenta qualidade de vida ao município”, destacou a presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira, esta tarde, em visita à obra do complexo desportivo, um investimento global superior a nove milhões de euros.

No que respeita à valorização, a autarca acrescentou que com a obra do Complexo Desportivo Municipal Supera Setúbal “foi possível atrair mais investidores, como o grupo Edge, que vai avançar, em breve, nesta zona [Praça de Portugal], com a construção de sete blocos com oito andares para habitação e comércio”.

Maria das Dores Meira, ao acrescentar que a obra vai permitir também executar a requalificação da zona envolvente ao complexo, frisou que o equipamento se constitui como “um importante centro de natação, fitness e recreio”, ao concentrar num único local “um conjunto de valências diferenciadoras” para a população. 

O equipamento, com mais de nove mil metros quadrados dedicados ao desporto e ao lazer, inclui quatro zonas de piscinas, duas climatizadas interiores e duas exteriores, uma ludoteca, uma área spa, quatro espaços para aulas de grupo com 600 metros quadrados e uma sala de fitness com mil metros quadrados.

O diretor do Grupo Supera, Guillermo Druet, presente na visita à obra, elogiou o apoio da Câmara Municipal de Setúbal no desenvolvimento do projeto. “Em poucas câmaras de todo o mundo encontrámos tanto apoio para fazer uma obra.”

O responsável adiantou que o Supera Setúbal, tal como todos os outros centros do grupo, “é pensado para o cliente comum, o munícipe”, adiantando que “a relação qualidade/preço praticada é acima da média”. E exemplificou: “Em Setúbal, uma família pode usufruir dos nossos serviços por cerca de 60 euros.”

A heterogeneidade de utilização das mais de meia centena de centros Supera foi vincada por Guillermo Druet. “30 a 40 por cento dos nossos clientes são famílias e 30 por cento são seniores”, vincou, para depois reforçar o complexo setubalense vai criar perto de seis dezenas de postos trabalho. 

Em Setúbal, com cerca de 600 horas mensais de atividades, o complexo está aberto durante todo o ano, com as exceções dos dias 25 de dezembro e 1 de janeiro, e funciona de segunda a sexta-feira das 06h30 às 22h00 e aos fins de semana e feriados das 09h00 às 14h00.

A presidente da autarquia, Maria das Dores Meira, sublinhou que no âmbito de um protocolo firmado com o Grupo Supera, “crianças e população sénior vão poder usufruir, gratuitamente e em horários previamente estabelecidos, das várias valências do moderno complexo”.

A autarca destacou ainda o apoio do Grupo Supera a várias obras realizadas na cidade, casos das requalificações do Campo Municipal da Cova da Canastra, agora Campo Municipal Vítor Baptista, e dos campos desportivos de ténis de Vanicelos, e da criação do futuro skate park na zona da Algodeia.

O Complexo Desportivo Municipal Supera Setúbal, servido por um parque de estacionamento com cerca de 130 lugares, já tem inscrições abertas para as atividades que disponibiliza, com inscrições a decorrer num stand instalado nas imediações da obra. Mais informações em https://pt.centrosupera.com/lisboa/.