Os jogadores juniores “A”, André Horta, João Barros, João Monteiro e Valdumar Té, este último, ainda, de primeiro ano, rubricaram contratos de formação com o Vitória Futebol Clube ficando, assim, vinculados ao emblema sadino.

André Horta, irmão de Ricardo Horta, joga na posição de médio ofensivo e é internacional sub-18, destacando o seu jogo pela excelente capacidade técnica e pelo forte remate.

João Barros, também, joga no meio campo, actua preferencialmente na posição oito, e caracteriza-se por ser um médio de transição, um moderno box-to-box com bons pés e boa capacidade física.

João Monteiro e Valdumar Té são dois pontas de lança de características distintas, que apesar de muito jovens têm sido chamados aos trabalhos da equipa principal comandada por Domingos Paciência. O primeiro é um avançado mais técnico, que joga bem de costas para a baliza e que segura bem a bola. Já Valdumar Tê de apenas 16 anos, completa dezassete no próximo dia 14 de Agosto, destaca-se pela sua robustez física e pela capacidade finalizadora.

Assim, aos seis jogadores oriundos da formação – Zequinha, Ricardo Batista, Frederico Venâncio, Miguel Lourenço, Kiko e Miguel Lázaro – que integram actualmente o plantel principal, poderão, também, estes quatros jovens juntar-se à equipa caso o treinador Domingos Paciência, assim, o entenda.

 

Fonte: VFC

Partilhe esta notícia