Entre os dias 4 e 7 de abril, Alcochete vive uma das festividades mais emblemáticas desta comunidade: o Círio dos Marítimos de Alcochete, uma tradição com mais de cinco séculos de história.

As festividades têm início no Sábado de Aleluia com o desfile do “Chininá” (tocadores de gaita-de-foles e de caixa) que percorre a Vila de Alcochete a convocar a população local para a festa.

Os momentos de maior destaque do Círio dos Marítimos de Alcochete ocorrem no Domingo de Páscoa à tarde com o desfile das mulheres solteiras e casadas, montadas em burros, pelas principais ruas da vila de Alcochete, e na segunda-feira à tarde com o leilão de bandeiras e fogaças no adro da Igreja de Nossa Senhora da Atalaia.

A arrematação de mais de duas centenas de bandeiras, que permanecem em casa dos devotos durante o ano, reverte para a organização da festa que inclui refeições coletivas para os participantes em que não faltam a típica fogaça e o arroz doce alcochetano. Este ano as refeições, que obedecem a uma ementa fixa de carne e peixe, são servidas no Pavilhão de Alcochete e na Atalaia.

 

Partilhe esta notícia