A Guarda Nacional Republicana anunciou a detenção de um homem de 35 anos por suspeitas de se dedicar à produção de cannabis e a apreensão de 32 plantas de cannabis na Charneca da Caparica, concelho de Almada.

De acordo com os militares, “a investigação teve origem denúncia que relatava a existência de maus tratos a animais, através da Linha SOS Ambiente, sendo que, o suspeito usufruía da garagem dessa residência, onde cultivava o produto estupefaciente”.

A operação que levou à detenção do suspeito decorreu ao início da manhã desta terça-feira e permitiu a apreensão 32 pés de cannabis; várias sementes; ventoinhas; lâmpadas; material elétrico para as diversas ligações e extratores de fumo; 76 vasos; fertilizantes; adubo; uma balança de precisão; frascos de gás para a produção de óleo de cannabis; 81 cartuchos de caça; 32 munições; uma lanterna tática e um cunhete de munições calibre.30.

“O canídeo, alvo da denúncia, foi recolhido pelo Canil Municipal de Almada, sendo levantados três autos de contraordenação por falta de registo, falta de vacina antirrábica e falta de identificação método eletrónico, vulgo chip”, adianta a GNR.

Por ordem do Ministério Público, o arguido, foi sujeito a termo de identidade e residência e restituído à liberdade.

 

Partilhe esta notícia