O Presidente da Câmara Municipal de Santiago do Cacém, Álvaro Beijinha, deslocou-se a Bruxelas, na Bélgica, entre os dias 11 e 13 de novembro, com os objetivos de conhecer melhor as oportunidades do novo quadro comunitário e de contactar diretamente com os decisores do processo, no sentido de “captar o maior investimento possível para o Município”.

A visita, a convite da União Europeia, surgiu integrada num projeto em que o Município de Santiago do Cacém está envolvido − o Europe Direct − uma parceria que integra no âmbito da ADRAL – Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo, e juntou uma comitiva de cerca de 25 elementos, entre presidentes, outros eleitos de câmara e técnicos (do Litoral Alentejano e do Alentejo Central), a ADRAL e também grupos de ação local, que no caso do Alentejo Litoral foi a ADL.

Álvaro Beijinha sublinha a oportunidade de estabelecer contactos com os principais decisores a nível europeu, “tanto na Comissão Europeia como no próprio Parlamento Europeu, inclusive com eurodeputados. Numa altura em que o quadro comunitário – em particular o Programa Operacional do Alentejo – está praticamente aprovado, podermos ter, de uma forma muito direta, um maior conhecimento e termos contactos diretos com quem efetivamente tem a condução de todo este processo, é muito importante”. O Presidente da CMSC entende que só assim será possível “alcançar aquilo que são os nossos objetivos, indo às várias gavetas de oportunidades dos fundos comunitários, de forma a podermos captar o maior investimento possível para o nosso Município”.

Partilhe esta notícia