O projeto À Priori, de que a Câmara Municipal de Sines é a entidade promotora, organiza a partir de amanhã e até sexta-feira, em vários espaços do concelho, a iniciativa “O Futuro tem 3 E’s – Educação, Emprego e Empreendedorismo”.

A iniciativa irá envolver, de acordo com a organização, cerca de 200 alunos das escolas do concelho, do 8.º ao 12.º ano de escolaridade.

Amanhã, às 10h, na Escola Secundária Poeta Al Berto, 40 alunos do 9.º e do 11.º ano estarão à conversa, sobre empreendedorismo, com Fernando Mendes da StartIupi – Academia Olá.

Na terça-feira, dia 11, às 10h, na Escola Tecnológica do Litoral Alentejano, Francisco Pedro Tojão, do Instituto Português do Desporto e Juventude (Beja), fala com 20 alunos do curso de Informática de Gestão sobre como levar uma ideia à prática.

No dia 12, quarta-feira, às 15h20, na Escola Vasco da Gama, 42 alunos do 9.º ano vão conhecer as experiências de dirigentes associativos do concelho de Sines (Teatro do Mar, Escola das Artes do Alentejo Litoral, Sines Surf Clube, Associação Caboverdiana de Sines e Santiago do Cacém e Associação de Estudantes da Escola Secundária Poeta Al Berto).

Na quinta-feira, dia 13, às 10h, o Sines Tecnopolo realiza, nas suas instalações, uma sessão sobre empreendedorismo para 15 alunos membros da associação de estudantes.

Na sexta-feira, dia 14, às 16h, será criada uma horta pedagógica na sede do projeto À Priori, com 25 participantes de vários níveis de ensino.

Ao longo da toda a semana, também na sede do projeto, entre as 17h e as 20h, terá lugar uma oficina de Curriculum Vitae e Procura de Emprego.

A iniciativa tem a parceria da Câmara Municipal de Sines, Associação Pro Artes de Sines, Agrupamento de Escolas de Sines, Escola Secundária Poeta Al Berto, Escola Tecnológica do Litoral Alentejano e Sines Tecnopolo.

O projeto À Priori, integrado no Programa Escolhas, desenvolve atividades junto das crianças e jovens na freguesia Sines desde 2006. A sua 5.ª geração, focada nas componentes da empregabilidade e do empreendedorismo, estende-se até 2015.

A Câmara Municipal de Sines é a entidade promotora do projeto, desenvolvido por um consórcio com a participação da Associação Pro Artes de Sines (entidade gestora), Associação Caboverdiana de Sines e Santiago do Cacém, Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Sines, Agrupamento Vertical de Escolas de Sines e Escola Secundária Poeta Al Berto.

O orçamento do À Priori é garantido pelo Programa Escolhas, um programa do governo português cofinanciado por fundos POPH / União Europeia, no âmbito do QREN 2008-2013.

A Câmara Municipal de Sines cede e assume os custos inerentes do espaço onde o projeto está sedeado (edifício na Av. General Humberto Delgado, junto ao ATL “A Gaivota”) e assegura o transporte para as atividades que ocorrem em período não letivos.

Partilhe esta notícia