e avança com Rede Ciclável

Projeto vai melhorar mobilidade na cidade

A Câmara Municipal do Barreiro vai avançar com a reorganização dos acessos ao terminal rodo-ferro-fluvial, com a criação de uma rede ciclável e pedonal, e aposta na melhoria da eficiência e eficácia dos transportes públicos, reforçando a utilização do transporte coletivo em detrimento do privado, melhorando a segurança dos milhares de utilizadores diários da rede de transportes públicos naquela zona.

Esta obra, que passa também pela reorganização da circulação ao nível das acessibilidades pedonais, cicláveis, rodoviárias (com a construção de uma rotunda) e espaço público junto de áreas residenciais, surge através da candidatura agora aprovada no âmbito do Plano de Ação de Mobilidade Urbana Sustentável (PAMUS) e será um passo essencial para resolver problemas com a mobilidade e constrangimentos de circulação, junto ao terminal rodo-ferro-fluvial e ao longo da Avenida da Liberdade, na freguesia de Verderena.

Rui Braga, vereador da Câmara Municipal do Barreiro, explica que “os projetos de execução estão já a ser desenvolvidos para avançarmos para o lançamento do concurso, no menor espaço de tempo possível”.

A Câmara Municipal do Barreiro aposta também na criação de uma rede ciclável, enquanto alternativa nas deslocações regulares de curta distância. O objetivo é articular esta rede com as vias já criadas pela autarquia, como é o caso da ligação ao Polis e à rua Miguel Pais, e com a rede de transportes públicos.

As medidas contribuem para a descarbonização e qualificação ambiental, permitindo reduzir a emissão de gases para a atmosfera, provocados pelo congestionamento de tráfego junto aos semáforos.

Vai ser possível tornar a cidade mais amiga dos peões e com uma rede de transportes públicos mais eficiente. O objetivo é também aumentar o número de utilizadores e a sua mobilidade.

Rui Braga acrescenta que “este projeto é estrutural para o Barreiro, de importância capital para os barreirenses e para os Transportes Coletivos do Barreiro, os quais poderão ter como impacto imediato o aumento da sua eficácia através da eliminação de tempos de espera em sistemas semafóricos, melhorando a sua articulação com a SOFLUSA e REFER. Vamos descongestionar um dos maiores nós de tráfego da nossa cidade”.

Partilhe esta notícia