A Câmara Municipal da Moita celebrou, no dia 17 de fevereiro, um contrato de comodato com a Rumo, para cedência de uma habitação, localizada no Vale da Amoreira, destinada ao Acolhimento de Emergência para Pessoas Sem-Abrigo.

A Rumo foi nomeada, formalmente, pelo Conselho Local de Ação Social da Moita (CLASM) como Interlocutora local para a implementação da Estratégia Nacional para a Integração das Pessoas Sem-Abrigo, sendo assim a entidade que, em articulação com vários parceiros, tem respondido às situações de pessoas sem-abrigo no concelho da Moita.

Tendo em conta que se trata de uma problemática complexa e multifacetada, carecendo por isso de uma intervenção multidisciplinar para concretizar um trabalho efetivo junto das pessoas nesta situação, é essencial a existência de uma resposta que permita prover um local de acolhimento temporário, local esse que não existia até agora no concelho da Moita nem nos concelhos limítrofes.

No âmbito das suas competências de apoio a atividades de natureza social, e de apoio a entidades e a organismos legalmente existentes, a Câmara Municipal aprovou ceder esta habitação à Rumo, dotando a instituição de um meio e recurso facilitador da sua intervenção.

Partilhe esta notícia