A CDU do Montijo considerou hoje que o executivo socialista que lidera a câmara deste concelho entregou mais serviços públicos à gestão privada, referindo-se a um Contrato de Aquisição de Serviços de Manutenção de Espaços Verdes nas Uniões de Freguesias de Montijo-Afonsoeiro, Atalaia-Alto Estanqueiro-Jardia e Sarilhos Grandes, aprovado com os votos do PS e do PPD/PSD.

Num documento intitulado “Gestão PS/ Câmara soma e segue”, os vereadores da CDU destacam que a autarquia transfere, no âmbito do referido contrato, “por mais três anos, 540.000,00€ para os privados, com um encargo anual de 180.000,00€, mais IVA à taxa legal em vigor”.

“Tratam-se de soluções que o país bem conhece, que tarde ou cedo atacam diretamente os princípios da universalidade e da igualdade enquanto conquistas positivas civilizacionais e que são um processo conducente à desresponsabilização das funções do Estado/autarquias, à liquidação de direitos fundamentais dos trabalhadores, à precarização do emprego, à degradação da democracia, à alienação da gestão pelas comunidades do seu futuro coletivo”, lê-se na nota.

Para a CDU ficou “evidente, uma vez mais, a distância tremenda entre dois projetos de gestão política para as autarquias e para o país, o da CDU, por um lado, e o preconizado pelo PS com a conivência do PPD/PSD e CDS/PP, pelo outro”.

Partilhe esta notícia