O mega projeto barreirense de voluntariado urbano está de regresso para dois dias inesquecíveis, durante os quais a população será convidada a “arregaçar as mangas” regenerando e reabilitando, de forma bastante positiva, diversas áreas da cidade.

O DIA B vai já na sua 4.ª edição e este ano terá certamente um sabor especial, sobretudo depois de ter ficado entre os 10 vencedores do Prémio “Todos queremos o melhor para o nosso bairro”, organizado pela Comunidade EDP e a Revista “Visão”, com o Alto Patrocínio da Presidência da República.

O prémio reverterá para material a utilizar no DIA B, que terá lugar a 5 (nas escolas) e 6 (no espaço público) de junho. O resultado do concurso foi divulgado na passada sexta-feira, dia 17 de abril, no mesmo dia em que foi apresentada publicamente a quarta edição deste projeto e colocado online o site http://diab.cm-barreiro.pt.

Na apresentação pública do IV DIA B, que decorreu nos Paços do Concelho, participaram o Presidente da Câmara Municipal do Barreiro, Carlos Humberto de Carvalho, a Vice-Presidente, Sofia Martins, e a coordenadora do projeto, Mónica Duarte.

Sofia Martins salientou que o DIA B “surge da vontade de uma série de entidades e individualidades”. Referiu que, de ano para ano, surgem mais voluntários e mais desafios ao projeto que se pretende que “seja marcante na nossa vida e na cidade”.

A Autarca agradeceu aos parceiros, patrocinadores, aos trabalhadores da CMB e das Freguesias e aos restantes intervenientes que tornam possível este mega projeto de voluntariado urbano.

Por seu lado, Mónica Duarte salientou que, para esta edição, em particular para o dia 5, já foram recebidos cerca de 70 projetos das escolas, que irão envolver cerca de 3000 pessoas, e apresentou o site http://diab.cm-barreiro.pt, onde os interessados podem inscrever-se como voluntários ou parceiros. As inscrições e ideias para o dia 6 encontram-se abertas até 8 de maio. Este ano, podem inscrever-se para “Movimento o Dia B na minha rua” (onde o participante apresenta o que quer fazer no seu bairro e mobiliza os vizinhos, amigos, familiares, etc…), “O Dia B é uma molokura” (onde artistas podem apresentar projetos para a pintura de moloks espalhados pela cidade), “Caminhada Ecológica” (limpeza das praias fluviais e zonas ribeirinhas com início na praia de Alburrica até à praia de Copacabana), “Plantar uma árvore na cidade” (com o apoio do Forum Barreiro) ou apenas inscreverem-se, independentemente da ação que se realize.

Carlos Humberto de Carvalho referiu que, independentemente da responsabilidade da CMB e das Freguesias na gestão do Concelho, as instituições e os cidadãos podem e devem construir soluções para o Barreiro. “O DIA B é uma forma de dar um contributo e corresponsabilizar todos pelo Concelho que vamos construindo”. O Presidente da CMB salientou a importância do “ato de participar, em que todos damos um pouco de nós para que todos em conjunto possamos receber algo melhor”.

Até agora, o DIA B conta já com 18 parceiros: A Loja da Flor, AKI, ADHESIVE Design, Clube de Fotógrafos do Barreiro, Continente do Barreiro, CP, Fisipe, Forum Barreiro, Marcontin, Montana, Nova AP, Opticalia Santa Maria, Península Digital, Soflusa, SOPSA, STALBA, TCB e Viva Fit.

A organização do evento está a cargo do Município do Barreiro, União das Freguesias (UF) Barreiro e Lavradio; UF Alto do Seixalinho, Santo André e Verderena, UF Palhais e Coina e Junta de Freguesia Santo António da Charneca.

Marque já na sua agenda familiar a sua participação neste projeto!

Partilhe esta notícia