Um encontro internacional, um concurso para jovens, seminários, debates e inquéritos são iniciativas previstas no protocolo assinado na semana passada em Aksakovo, Bulgária, pelos municípios europeus envolvidos no projeto “Future of Europe – Reload”, entre as quais Setúbal.

 

O primeiro encontro do projeto, realizado entre os dias 18 e 20, reuniu, além de uma comitiva de Setúbal liderada pelo vereador Ricardo Oliveira, representantes dos municípios de Aksakovo, Bulgária, de Shtip, Macedonia, de Victoria, Roménia, de Montserrat, Espanha, de Ozarow Mazoviecki, Polónia, e de Nughedu Santa Vitória, Itália.

 

Na sessão de abertura foi anunciado que a rede de cidades criada a partir do anterior projeto “Europa no Futuro – Multifacetada e Unificada”, constituído por quatro cidades europeias entre as quais Setúbal, e agora alargada para sete, passa a chamar-se “Open Towns”.

 

Neste primeiro encontro, as cidades que constituem a rede “Open Towns” assinaram também um protocolo de cooperação que prevê a realização de um encontro internacional em cada uma das cidades, com uma temática específica, sendo que em Setúbal deve realizar-se em outubro.

 

Outras atividades incluem um concurso para jovens, seminários, debates e inquéritos.

 

O projeto internacional “Future of Europe – Reload”, um dos 15 aprovados pela União Europeia, num total de mais de três centenas de candidaturas, tem como objetivo desenvolver, entre 2018 e 2020, ações de reforço da identidade das populações enquanto cidadãos de uma Europa comunitária.

 

Uma das mais-valias que se espera extrair do projeto é a consolidação de uma rede de intercâmbio de experiências e conhecimentos culturais, sociais e profissionais entre as sete cidades europeias.

 

“Future of Europe – Reload” representa a continuação natural de “Europa no Futuro – Multifacetada e Unificada”, criado com os mesmos objetivos e que, entre 2015 e 2017, integrou três das cidades que voltam a juntar-se – Setúbal, Nughedu Santa Vitória e Aksakovo – e ainda Igualada, Espanha.

 

O projeto anterior foi distinguido pela União Europeia como exemplo de cooperação entre municípios e vai ser incluído numa publicação da Comissão Europeia sobre boas práticas na União Europeia.

Partilhe esta notícia