O Destacamento Territorial de Santiago do Cacém apresentou esta quarta-feira o projeto “Cortiça Segura”, um projeto de policiamento e prevenção dos furtos de cortiça, que nasce da identificação de um fenómeno criminal específico causador de elevados danos materiais e florestais em toda a região a sul do rio Sado.

Em comunicado, a GNR explica que a apresentação pública teve como objetivo dar a conhecer aos proprietários e produtores de cortiça a implementação, no concelho de Santiago do Cacém e a título experimental, do projeto inovador.

Nesta ação estiveram presentes 56 proprietários e produtores de cortiça e nove militares do Destacamento Territorial de Santiago do Cacém da Guarda Nacional Republicana.

Partilhe esta notícia