Por ocasião do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, a que a Baía do Tejo se associa novamente este ano com o seu Museu Industrial, será inaugurada a exposição temporária Desporto, Um Património Comum no Complexo Industrial do Barreiro. O Grupo Desportivo da CUF.

A exposição vem relembrar o papel e a presença marcante que o desporto assumiu na vida da cidade do Barreiro e do complexo industrial, principalmente a partir de 1937, data de criação do Grupo Desportivo da CUF.

O Grupo Desportivo da CUF, uma referência marcante na vida da comunidade, tanto no plano desportivo como cultural, pelo ecletismo que desenvolveu ao nível das modalidades e pelo elevado número de participantes que granjeou, tornou-se uma referência não só local e regional, mas também um caso notado a nível nacional.

Daqui resultaram um conjunto de equipamentos de referência no seu tempo e uma série de atletas e equipas que se destacaram nos planos nacional e até internacional. Os atletas, José do Carmo Palma, na modalidade de Futebol, José Belchior Picoito, no Ténis, e Carlos Oliveira Bóia, que se destacou no Remo, modalidade em que chegou ao patamar olímpico, entre outros, são alguns dos nomes que serão relembrados nesta exposição.

As categorias Modalidades, Desportistas e Equipamentos serão os pilares desta exposição temporária que abre ao público a partir da hoje e que estará disponível para todos quantos se dirijam ao Museu Industrial da Baía do Tejo nos próximos tempos.

Contando com a presença da administração da Baía do Tejo, com a direção do Grupo Desportivo Fabril e com os representantes da Câmara Municipal do Barreiro, estas três entidades, que são também os promotores desta mostra temporária, convidam-se todos a conhecerem e a testemunharem o Desporto, Um Património Comum no Complexo Industrial do Barreiro.

Cartaz Exposição – Desporto no Complexo Industrial do Barreiro-2

Partilhe esta notícia