João Hasselberg é considerado um dos músicos mais talentosos e criativos da sua geração, não só por ser um bom instrumentista, mas também por se destacar como compositor. No dia 30 de abril, sábado, vai estar no Auditório Municipal do Seixal às 21.30 horas, no âmbito das comemorações do Dia Internacional do Jazz, que se celebra nesse dia.

Depois de várias colaborações com nomes como Spyros Manesis, Afonso Pais, João Firmino ou Júlio Resende, editou dois trabalhos como líder: Whatever It Is You’re Seeking, Won’t Come In The Form You’re Expecting (2013) e Truth Has To Be Given In Riddles (2014), ambos considerados pela crítica e imprensa especializada entre os melhores de cada ano.

Os seus temas refletem as influências do jazz, mas também da música pop e folk, não se fixando num único género.

No Seixal, o contrabaixo e baixo elétrico de Hasselberg vão combinar-se em palco com os instrumentos de um conjunto de músicos portugueses com nomes de peso na cena jazzística nacional: Bruno Pedroso, na bateria, Gonçalo Marques, no trompete, Luís Figueiredo, no piano e teclado, e Joana Espadinha, na voz.
M/ 6 anos
Ingresso: 8 euros (50 por cento de desconto para jovens até 25 anos, reformados e trabalhadores das autarquias do Seixal)
Reservas: 210 976 103

Partilhe esta notícia