Pelo simbolismo que representa para a população de Setúbal, e que a cada ano tem vindo a demonstrar mais interesse no nosso envolvimento neste tipo de acções, comunicamos que no próximo dia 26 de Julho de 2014, entre as 20h30 e as 22h00, o Conselho Local de Almada do Partido pelos Animais e pela Natureza, PAN Almada, irá realizar um protesto pacífico contra a Corrida de Toiros que se irá realizar na Praça de Toiros ‘Carlos Relvas’.

Mais um ano, e lamentavelmente repetem-se as sucessivas corridas de toiros em Setúbal.

Recordamos que a Praça de Toiros ‘Carlos Relvas’ foi reabilitada com o apoio da Câmara Municipal de Setúbal, canalizando as verbas financeiras que deveriam ter sido atribuídas às Associações de Solidariedade Social e Centros de apoio aos jovens daquele município, para os ajudar nos processos de apoio, da reabilitação e integração social. Eis mais um ‘exímio’ exemplo de como alguns governantes, que pela via da imoralidade, favorecem os interesses pessoais e de amigos, prejudicando uma facção social, ainda que maioritária, mas sem expressividade pela via diplomática. Isto acontece, porque cada vez se criam mais pessoas dependentes do sistema, ou seja, dependentes da sua caridade, sem meios nem recursos para garantir os seus direitos sociais.

Contudo, o PAN Almada está atendo a todas estas acções.

Consideramos eventos como a tauromaquia cruéis, bárbaros e totalmente inadaptados à época em que se vive, pelo que consideramos urgente formarmo-nos numa sociedade justa, adaptando-a a conceitos morais e éticos.

Esta forma de exploração primitiva, à custa do sangue de vítimas inocentes para entretenimento do ser humano deve ser abolida, e práticas como esta deverão ser imediatamente substituídas por actividades culturais enriquecedoras e beneméritas para a sociedade.

Este ano a corrida será patrocinada pela empresa ‘Limpersado – Limpeza, Máquinas e Transportes SA’ que pela sua relação associada à tauromaquia, desincentivamos à contratação dos seus serviços.

Pelos animais que irão ser selvática e brutalmente torturados nesta praça de toiros, apelamos à presença de todos os que são contra esta forma cruel de entretenimento neste protesto simbólico, para que juntos possamos mostrar que a tauromaquia não é, e jamais será, consensual, devendo ser abolida imediatamente.

Os animais necessitam de nós e da nossa voz, pois por si só, nunca conseguirão lutar pelo seu direito à dignidade e à vida.

 

Comunicado PAN Almada

Partilhe esta notícia