O presidente da Câmara Municipal do Montijo, Nuno Canta, aproveitou um encontro com a comunicação social no âmbito do desenvolvimento de alguns investimentos em curso no concelho para reafirmar que “não há razões para a posição política assumida pela oposição de bloqueio ao Orçamento Municipal para 2015”.

“Passámos o ano de 2014 com as contas em dia, não devemos a fornecedores e empreiteiros, realizámos abaixamento de impostos e da retenção de IRS às famílias e empresas do concelho; pagámos o PAEL, as dívidas à Amarsul e à AMRS”, sublinhou o edil.

O encontro iniciou-se no Jardim de Infância do Alto Estanqueiro, um novo equipamento da rede pré-escolar do concelho de Montijo que tem prazo de conclusão previsto para abril de 2015. Um investimento de 270 mil euros que consiste na reconversão da antiga Escola Básica do Alto Estanqueiro. Aproveitando-se toda a estrutura do edifício de estilo Plano Centenário, estão a ser criados novos espaços para acolher duas salas de pré-escolar com a capacidade para 25 crianças cada.

O presidente realçou a importância deste investimento que permitirá, a priori, “atingir o objetivo de 100 por cento de resposta ao nível da oferta pública do ensino pré-escolar”. Uma obra que é elucidativa “do esforço significativo que a câmara tem realizado na área da educação e, particularmente, na componente das infraestruturas escolares”, afirmou.

De seguida, a comitiva de jornalistas visitou a obra de requalificação da Rua Miguel Pais. Com data previsível de conclusão para final deste mês e um investimento de cerca de 87 mil euros, a obra encontra-se na fase final de pavimentação e pretende a valorizar funcional e estética daquela zona junto ao rio.

Uma obra que “permite ir ao encontro da vontade manifestada pelos comerciantes daquela zona, conferindo mais segurança, conforto e qualidade ao espaço”, assegurou Nuno Canta, acrescentando que “será também uma zona onde serão desenvolvidas ações de animação de rua, procurando tornar mais atrativa a zona comercial do centro do Montijo”.

Por último, a visita à obra de reabilitação do Mercado Municipal. Um investimento de grande envergadura, com um orçamento na ordem dos 682 mil euros e conclusão perspetivada para Maio de 2015. A obra contempla a reabilitação integral da zona das frutas e legumes, a repavimentação do espaço da peixaria, a construção de acessos para a circulação de pessoas com mobilidade reduzida, a remodelação da rede de esgotos, água e eletricidade, a valorização estética exterior, entre muitos outros aspetos.

Questionando sobre o novo acesso exterior virado para a Av.ª dos Pescadores, o presidente Nuno Canta realçou tratar-se da “remodelação da zona dos talhos. Já executámos um acesso externo aos talhos que permitirá o seu funcionamento num horário diferenciado do horário do Mercado”.

As três obras visitadas estão a ser executadas com financiamento próprio da câmara municipal e com verbas provenientes de candidaturas a fundos comunitários, recuperadas no final do ano passado pela Câmara Municipal do Montijo.

Partilhe esta notícia