Pelo quinto ano consecutivo, a Câmara Municipal do Montijo foi distinguida pelo Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis. Mais uma vez, a autarquia vai receber o prémio de “Autarquia + Familiarmente Responsável”.

A Câmara Municipal do Montijo integra o lote das 39 autarquias premiadas, sendo a única da região da Península de Setúbal. O prémio distingue as câmaras que promovem políticas de apoio às famílias e aos seus funcionários, destacando-se pelas boas práticas adotadas no sentido de criar um futuro sustentável para o seu município.

Para a Câmara Municipal do Montijo esta distinção, para além de ser um reconhecimento do trabalho desenvolvido ao longo dos anos em diversas áreas de atuação, com particular enfoque na educação, ação social e solidariedade, é sobretudo um incentivo para a prossecução e implementação de mais e melhores políticas de apoio à família no concelho do Montijo.

Este ano, o Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis analisou 102 candidaturas de autarquias de todo o território nacional que consubstanciam a resposta a um inquérito que analisou dez áreas de atuação: apoio à maternidade e paternidade; apoio às famílias com necessidades especiais; serviços básicos; educação e formação; habitação e urbanismo; transportes; saúde; cultura, desporto, lazer e tempo livre; cooperação, relações institucionais e participação social; outras iniciativas. São ainda analisadas as boas práticas das autarquias para com os seus funcionários autárquicos em matéria de conciliação entre trabalho e família.

A cada município vencedor será entregue a bandeira verde da iniciativa “Autarquia + Familiarmente Responsável 2014” numa cerimónia a ter lugar no próximo dia 19 de Novembro, pelas 17h00, no Auditório da Sede da Associação Nacional de Municípios, em Coimbra.

O Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis foi criado pela Associação Portuguesa de Famílias Numerosas, em Maio de 2008, e tem como principais objetivos acompanhar, galardoar e divulgar as melhores práticas das autarquias portuguesas em matéria de responsabilidade familiar.

O Observatório conta com a colaboração de uma equipa técnica pluridisciplinar constituída essencialmente por pessoas das áreas da sociologia, psicologia, assistência social e familiar e economia que, com experiência nos âmbitos da família e das autarquias, contribuem para ajudar a avaliar e construir políticas públicas nesta área.

Partilhe esta notícia