O Porto de Setúbal recebeu, no dia 25 de junho, trinta e quatro membros da Ordem dos Engenheiros (OE), incluindo elementos da Comissão Executiva da Especialização em Transportes e Vias de Comunicação, com o objetivo de conhecer a evolução dos projetos em curso e as perspetivas de desenvolvimento futuro, segundo as orientações estratégicas para o sector. Para a OE, a visita teve um interesse acrescido pelos importantes investimentos previstos para o Porto de Setúbal, que irão reforçar a capacidade das infraestruturas, a articulação com os outros modos de transporte, principalmente com a ferrovia, e com as áreas logísticas e industriais.

No Porto de Setúbal, estão previstos executar quatro investimentos, incluídos numa lista de 21 projetos prioritários a nível nacional: o projeto de melhoria das acessibilidades marítimas, em quarto lugar na lista, que vai permitir manter o porto na categoria de shortsea Panamax, recebendo navios de linha regular de média dimensão com 13 metros de calado em qualquer maré; a expansão do terrapleno do Terminal Roll-on Roll-off para mais 5 hectares, melhorando o serviço de importação e exportação de automóveis; a requalificação do acesso ferroviário do porto às Praias do Sado, incrementando a operacionalidade das composições; a ligação ferroviária ao Terminal Termitrena, introduzindo o movimento de cargas por ferrovia.

A comitiva foi recebida no Auditório do Edifício Sede da APSS pelo Administrador Eng.º Seixas da Fonseca, onde assistiram ao vídeo do Porto de Setúbal, seguido de uma apresentação do porto e dos seus projetos para o futuro. Seguiu-se um período de um debate e, no final, deslocaram-se aos terminais portuários.

 

 

Fonte: APSS

Partilhe esta notícia