O Instituto Politécnico de Setúbal (IPS) prepara-se para receber, já a partir de segunda-feira, dia 11 de setembro, mais um grupo de estudantes estrangeiros, no quadro dos programas de mobilidade internacional Erasmus+ e Santander Universidades. Ao todo, serão 110 os jovens que vão permanecer nas cinco escolas superiores da instituição de ensino por um período alargado de aprendizagem (de um semestre a um ano), tendo oportunidade, em simultâneo, de entrar em contacto diário com a língua portuguesa e de desfrutar dos tesouros paisagísticos e culturais da região.

 

Com uma adesão a superar o número de inscritos registados nos últimos anos, o próximo semestre é marcado pelo vasto leque de nacionalidades representadas, 21 no total, com o Brasil a ocupar o topo da lista (33 alunos ao abrigo do Programa Santander Universidades) seguindo-se-lhe a vizinha Espanha (29), a Polónia (13) e a República Checa (5). No que toca ao programa europeu Erasmus+, além do leste, as origens dos jovens que escolheram o IPS para estudar passam também pelo norte do continente, pela Turquia, e até pelo Japão e pela Índia, nestes casos por via de estudantes que frequentam universidades europeias parceiras.

 

Em mais uma Semana de Integração, que decorre de 11 a 15 de setembro, o IPS preparou um programa para acolher os novos estudantes e garantir que, no regresso, levarão as melhores impressões desta experiência em solo português. No arranque, através de uma sessão de boas-vindas, os estudantes recém-chegados serão acolhidos pelos representantes da instituição de ensino anfitriã e terão também oportunidade de travar conhecimento com os restantes intercambistas. Seguem-se sessões de informação específicas, dirigidas a cada um dos programas de mobilidade, e, para terminar o dia, já fora do campus do IPS, está marcada uma reunião especial de acolhimento do MeetUp Setúbal, grupo local que se dedica à organização de eventos para a integração de estrangeiros recém-chegados à cidade do Sado.

 

Na terça-feira, 12, o dia é passado na Lagoa de Albufeira, Sesimbra, com possibilidade de experimentar uma aula de surf, fazer stand up paddle e canoagem, ou simplesmente de desfrutar da praia. Para o final do dia de quarta-feira, 13, está agendada uma Sunset Party no campus do IPS, com música e intercâmbio gastronómico a partir do que cada estudante escolheu trazer para representar o seu do seu país de origem.

 

A Semana de Integração reserva ainda uma visita à península de Troia (dia 14), para conhecer as ruínas do maior complexo de salgas de peixe conhecido no Império Romano e para desfrutar das famosas praias de areia branca do território. E encerra com o percurso cultural Rota dos Três Castelos, entre Setúbal (Forte de São Filipe), Palmela e Sesimbra, que culminará na praia da Figueirinha, com um merecido mergulho (dia 15).

 

Recorde-se que “Ser uma comunidade aberta e internacional” é um dos objetivos estratégicos perseguidos pelo IPS.

 

Créditos das imagens em anexo: IPS