Valor das licenciaturas baixa para 871, 52 euros em 2019/2020

Instituto Politécnico de Setúbal (IPS) já aprovou os valores das propinas para o ano letivo 2019/2020, determinando uma diminuição para 871, 52 euros do teto máximo referente a todas as licenciaturas e aos mestrados na área da Educação

Esta redução face ao estipulado atualmente enquadra-se no esforço de redução dos montantes, segundo determina o Orçamento do Estado para 2019, como forma de “reforçar o ingresso de jovens no ensino superior”

Por opção própria, o IPS decidiu aplicar o mesmo valor – 871, 52 euros – aos mestrados nas áreas de Engenharias e Tecnologias, por considerar que são estratégicas para a região envolvente e para o País.

Recorde-se que o IPS dispõe igualmente de um programa interno de atribuição de apoios sociais (PASS/IPS), em vigor desde 2010, como resposta aos estudantes que, apesar de terem rendimentos superiores aos limites fixados para beneficiar das medidas nacionais de ação social direta, não perdem a condição de carenciados. 

Tendo como principal medida a atribuição do valor de propina mínima a todos os que se candidatem a bolsa de estudo, mas vejam o seu processo indeferido por excesso de rendimento em até 20% do limiar de carência económica previsto na lei, o referido programa, financiado exclusivamente com receitas próprias do IPS, já apoiou, nos últimos nove anos, centenas de estudantes a frequentar cursos de Licenciatura, Mestrado e CTeSP.

Consultar despacho aqui

Partilhe esta notícia