O navio “Super Servant 4”, agenciado pela L.Branco – Navegação e Trânsitos, Lda., entrou esta madrugada [25 de julho] no Porto de Setúbal, para efetuar uma operação algo invulgar: recolher um iate de 46 metros, o “Shergar”, e transportá-lo para a Holanda.

 

Este navio, é um semi-submersível tendo, portanto, a particularidade de afundar parcialmente, permitindo aos iates entrar e sair flutuando, pelos seus próprios meios, estando fundeado em frente ao cais 1, perto da Doca dos Pescadores.

 

A operação começará a ser preparada durante o dia de hoje, com o despeamento das embarcações que se encontram a bordo, em trânsito. O navio começará a lastrar na madrugada de terça feira [26 de julho], por forma a que, ao início da manhã, cerca das 8 horas, estará parcialmente afundado, sendo então retirado da sua posição atual um dos iates e que voltará ao navio após permitir o embarque do iate “Shergar”.

 

Uma vez estando todas as embarcações em posição, confirmado pelos mergulhadores, o Super Servant 4 começa a deslastrar e, cerca de 4 horas depois (cerca das 12 horas), está pronto para se iniciar o peamento de todas as embarcações, operação que estará pronta no dia seguinte de manhã, 4ª feira, 27 de julho.

 

Nessa altura, e após inspeção pelo comandante do navio, loadmaster e autoridades locais, o navio seguirá viagem para a Holanda.

A colocação dos iates sobre os picadeiros é orientada pela tripulação e por uma equipa de mergulhadores contratada localmente, sendo o peamento das embarcações efetuado pela tripulação com o auxílio de pessoal estivador e de soldadores de Setúbal.