O delegado de Saúde do Barreiro, Dr. Mário Durval, em declarações exclusivas ao Distritonline, assegurou que há três casos de Legionellla no Hospital do Barreiro e uma quarta pessoa que “clinicamente terá contraído a doença”, mas que está “por confirmar analiticamente”.

As quatro pessoas internadas, de acordo com a mesma fonte, “estão ligadas ao surto de Vila Franca de Xira”, uma vez que “trabalham em Vila Franca de Xira e, por acaso, vivem no Barreiro”.

Mário Durval garantiu que as quatro pessoas “têm um estado clínico estável”, e duas deram entrada no Hospital do Barreiro no passado dia 5 de novembro e duas no dia de ontem.

O delegado de Saúde assegurou que “não há qualquer perigo para a população do Barreiro”, uma vez que os infetados estão ligados ao surto de Vila Franca de Xira. “As pessoas do Barreiro podem ficar tranquilas e não têm de que seguir quaisquer precauções”, acrescentou.

O Distritonline contatou ainda o Centro Hospitalar Barreiro Montijo que não prestou quaisquer declarações e remeteu para a Direção-Geral da Saúde qualquer informação sobre o assunto.

Ainda nesta segunda-feira, a DGS fará um novo ponto da situação sobre este surto de Legionella, que até ontem tinha afetado 180 pessoas e causado quatro mortes – o caso de uma quinta vítima aguarda confirmação laboratorial.

As autoridades ainda não conseguiram detetar a fonte de infeção, sabendo-se apenas que a maior parte dos casos se concentra nas freguesias de Vialonga, Póvoa de Santa Iria e Forte da Casa.