No dia 29 de fevereiro, pelas 09h00, a Secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Prof.ª Doutora Maria Fernanda Rollo, vai estar presente na abertura da Semana da Empregabilidade do Instituto Politécnico de Setúbal (IPS), que decorre até 04 de março. A sessão pretende dar a conhecer aos estudantes finalistas quais as tendências do mercado de trabalho, os resultados dos estudos efetuados pelo IPS relativos à inserção dos seus diplomados nos últimos três anos e a partilha da perspetiva da política governativa na área da promoção da empregabilidade dos diplomados do ensino superior.

Tal como na edição anterior, que contou com a participação de mais de 2000 estudantes e diplomados do IPS, durante a Semana da Empregabilidade estão previstas várias ações que visam apoiar a integração dos estudantes no mercado de trabalho e incentivar a criação do próprio emprego. Nos dias 2 e 3 de março decorrerá a Feira de Emprego na qual marcam presença mais de 70 empresas nacionais e internacionais de diferentes setores.

Estas organizações, na área dos Recursos Humanos, Logística, Saúde, Tecnologias de Informação, Financeira, Engenharias, Comunicação e Marketing, vão realizar sessões de apresentação e recrutamento, proporcionando aos participantes o contacto com o meio profissional e a oportunidade de explorarem várias áreas de negócio de forma próxima e dinâmica.

Entre as várias conferências e workshops, uma das novidades na 2ª edição da iniciativa é a atividade “À Mesa com …”, que consiste num momento de conversa informal entre os participantes e vários representantes de entidades e empresas. Aqui os estudantes e diplomados podem trocar ideias, esclarecer dúvidas sobre o meio profissional e conhecer melhor o trabalho das organizações.

No âmbito da sua política de promoção da empregabilidade, o IPS lança também nesta semana o “Passaporte para o Emprego”, dirigido aos estudantes do IPS com o objetivo de potenciar a aquisição de competências transversais, através da participação em seminários, workshops e conferências. Estas atividades constarão no Suplemento ao Diploma, instrumento fundamental para a visibilidade da diferenciação dos percursos individuais de cada diplomado.

 

Veja o programa AQUI