O novo Centro de Saúde de Sesimbra vai ser instalado no edifício da Rua Aníbal Esmeriz, propriedade da Câmara Municipal, que ao abrigo de um contrato-programa o cederá por 50 anos ao Ministério da Saúde. Este espaço, no centro da vila e a poucos metros do atual Centro de Saúde, receberá os serviços administrativos e o atendimento ao público. Os serviços complementares, como as unidades de cuidados continuados e recursos de assistência partilhada, serão deslocados para o antigo dispensário, na Rua Amélia Frade, que receberá obras de reabilitação e ampliação para o efeito.

A proposta foi apresentada pela autarquia e aceite pelo presidente da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARS), que se deslocou a Sesimbra em agosto para conhecer e avaliar os espaços. Desta forma, fica sem efeito a anterior alternativa da ARS de centralizar os serviços de saúde num novo edifício a construir no terreno do antigo dispensário, na Rua Amélia Frade, propriedade do Ministério da Saúde, solução face à qual a Câmara Municipal sempre se mostrou desfavorável visto ser um espaço longe do centro da vila, afastado de transportes, estacionamento, comércios e serviços, e para além disso de acesso difícil, sobretudo para a população mais idosa.

A decisão de substituir as atuais instalações surgiu por insistência da autarquia, na sequência de diversas reuniões e contactos que aconteceram nos últimos anos entre a Câmara Municipal e as entidades responsáveis pela saúde. Nestes encontros, os autarcas de Sesimbra alertaram para a notória incapacidade dos serviços em dar resposta às necessidades da população, em grande parte devido à falta de condições.

No modelo agora contratualizado, a autarquia compromete-se a desenvolver os projetos e as obras, que serão financiadas pela Administração Geral de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, com possível recurso a fundos comunitários. No caso do edifício da Rua Aníbal Esmeriz, o investimento estimado é de 600 mil euros enquanto para o dispensário, o valor das obras ronda os 350 mil euros.

A instalação do Centro de Saúde na Rua Aníbal Esmeriz é uma forma de valorizar um edifício preponderante na traça urbana da vila de Sesimbra e de manter um dos serviços mais importantes para os cidadãos numa zona central e de fácil acesso. A reabilitação do edifício do antigo dispensário, em vez da sua demolição, como esteve previsto anteriormente, contribui para a valorização do património arquitectónico da vila de Sesimbra e para a preservação da sua história e identidade.

Partilhe esta notícia