A atividade “Há Mar no Mercado”, dinamizada pela organização Ocean Alive, com o apoio da Câmara Municipal de Setúbal, é direcionada, sobretudo, para as famílias.

Depois da exibição de um documento audiovisual sobre pradarias marinhas, os participantes recebem um guião que os leva a conhecer, numa linguagem simples e acessível, as várias espécies marinhas existentes no Estuário do Sado e que podem ser adquiridas no Mercado do Livramento.

Como se alimentam os peixes, para que serve a tinta do choco e como cresce o caranguejo são algumas das questões respondidas na visita conduzida pela bióloga marinha Raquel Gaspar.

A atividade, com início às 09h30, inclui ainda uma visita às bancas de peixe, podendo cada participante levar para casa a tradicional receita de salada de choco, com indicação de todos os ingredientes necessários que podem ser adquiridos no próprio Mercado do Livramento.

O “Há Mar no Mercado”, com cada sessão a ser dinamizada ao longo de uma hora e meia, é promovido com a colaboração da Associação dos Comerciantes do Mercado do Livramento e da Agência Nacional Ciência Viva.

A participação no “Há Mar no Mercado” tem um custo de 8 euros por pessoa e é gratuita para crianças até aos 3 anos. Há também um bilhete família, por 28 euros, para dois adultos e duas crianças, tendo a participação extra um custo de 5 euros.

As inscrições carecem de marcação prévia pelo telefone 917 915 595 ou pelo endereço info@ocean-alive.org.

Mais informações sobre a iniciativa podem ser obtidas em www.ocean-alive.org.