A Autoridade Marítima Nacional durante o dia de ontem realizou o resgate de um homem numa praia não vigiada, em Setúbal, e deu apoio a uma embarcação à vela que se encontrava a mais de um quilómetro da costa, entre a praia Atlântica e a praia da Comporta.

​O Comando-local da Polícia Marítima de Setúbal recebeu, pelas 15h00, um alerta dando conta da existência de um homem com uma ferida profunda no joelho, na praia dos Coelhos, na Serra da Arrábida, que o impossibilitava de se deslocar.

Foi ativada a Estação Salva-vidas de Sesimbra, devido aos difíceis acessos da referida praia, que com recurso à sua embarcação efetuou o resgate do homem para Sesimbra.

O homem foi posteriormente transportado pelos Bombeiros Voluntários de Sesimbra, para uma unidade hospitalar. 

Mais tarde, pelas 16h15, foi recebido o alerta de um nadador-salvador da praia Atlântica, dando conta de que se encontrava um homem em dificuldades, alegadamente um praticante de kitesurf, a mais de um quilómetro da costa, entre a praia Atlântica e a praia da Comporta.

Foi empenhada, por terra, a viatura Amarok do projeto “Seawatch” em apoio na vigilância da praia Atlântica e ,por via marítima, a embarcação da Polícia Marítima de Setúbal e a mota de água do Plano de Apoio de Salvamento de Troia, que quando chegaram ao local constataram que se tratava de uma embarcação à vela, que tinha partido uma estrutura na base do mastro.

Foi prestado apoio ao seu proprietário, de nacionalidade francesa, e efetuado o reboque da embarcação.

A Autoridade Marítima Nacional reforça a importância de se optar por praias vigiadas e de bons acessos, de forma a garantir a segurança de todas as pessoas na orla costeira, alertando também para o cuidado redobrado na preparação e utilização de pequenas embarcações, garantindo as suas condições de navegação, de forma a minimizar o risco da ocorrência de incidentes que ponham em causa a segurança dos seus utilizadores.

Fonte e fotos :www.amn.pt