A Comissão Consultiva de Proteção do Porto de Setúbal (CCPP) reuniu [18 de janeiro], no Edifício Sede da APSS, com o objetivo de promover uma reflexão integrada sobre os riscos emergentes no transporte marítimo e nos Portos. O ciberterrorismo a emigração ilegal e outros ilícitos foram escalpelizados pelas diferentes Autoridades constituintes deste relevante órgão.

A transversalidade das abordagens visa desenvolver e aperfeiçoar os procedimentos de atuação ao nível local em face de múltiplos cenários. A par da melhoria das acessibilidades marítimas, do sistema de VTS e da infoestrutura, a boa cooperação entre autoridades em prol da segurança e da resiliência é absolutamente vital na promoção de eficiência e de competitividade ao Porto de Setúbal.

Partilhe esta notícia