No passado dia 7 de abril o Partido Socialista (PS), no âmbito da sua Agenda Barreiro 2025, promoveu um debate sob o tema Afirmar o Barreiro – Território e Ambiente. Pretendeu este debate ouvir vontades, ambições e motivações dos cidadãos sobre estas vertentes tão importantes para a qualificação e sustentabilidade das vidas das diversas comunidades do concelho.

No início da sessão, João Pintassilgo, coordenador do programa autárquico do PS introduziu o debate seguindo-se as intervenções dos oradores convidados: Teresa Almeida, Leonel Fadigas e Emanuel Santos – cujas abordagens foram debatidas, por cerca de uma centena de barreirenses, sob a moderação de Carlos Pires.

A discussão decorreu em torno da inserção do Barreiro nos eixos de desenvolvimento do País, da AML, da Península de Setúbal e do Arco Ribeirinho Sul, as políticas concelhias de regeneração, revitalização urbana e de qualificação ambiental. Mais do que diagnosticar a situação de decadência económica e demográfica que o Barreiro tem vindo a registar, a maioria das opiniões expressaram confiança num projeto que promova um futuro melhor para os barreirenses.

A sessão debate foi encerrada com a intervenção de Frederico Rosa, Candidato do PS à Câmara Municipal do Barreiro nas Eleições Autárquicas que se realizarão no próximo dia 1 de outubro.

Frederico Rosa no discurso de encerramento afirmou que uma cidade com futuro tem de ser capaz de reter e atrair jovens qualificados. “Quando o PS vencer as eleições adotaremos uma política orientada para revitalizar o concelho. Assim, integrada no conjunto de propostas que temos vindo a apresentar, proponho a implementação de um programa de arrendamento a custos controlados no Barreiro”.

Partilhe esta notícia