Grândola presta tributo ao Dr. Evaristo de Sousa Gago

 

No âmbito do programa das Comemorações do Dia do Concelho o Município de Grândola promove no próximo sábado uma homenagem, a título póstumo, ao Dr. Evaristo de Sousa Gago que terá início às 14h45 com a deposição de uma coroa de flores junto à estátua do médico que durante mais de quatro décadas exerceu a sua atividade em Grândola e se distinguiu pela sua postura cívica, sendo, por isso, reconhecido como uma das mais importantes figuras da história do nosso Concelho no século XX.

Às 15h00, no Cine Granadeiro – Auditório Municipal será exibido, pela primeira vez, o documentário “Dr. Evaristo de Sousa Gago – Vida e Obra” que retrata o seu percurso de vida e a relevância da sua ação enquanto médico, cidadão solidário e benemérito e enquanto defensor da democracia e dos princípios humanistas.

Trata-se de um documentário do Município de Grândola elaborado a partir de testemunhos de familiares, pacientes e amigos e da recolha de documentos, fotografias e imagens de locais associados à sua vida.

 

Prémio Dr. Evaristo de Sousa Gago distingue os melhores alunos

 

No dia que antecede o Tributo vai realizar-se a cerimónia da entrega do Prémio “Dr. Evaristo de Sousa Gago” aos melhores alunos do 2º e 3.º Ciclos do ensino básico e do ensino secundário no ano letivo 2013/2014. Este Prémio resulta da parceria entre a Comissão Pró-monumento ao Dr. Evaristo de Sousa Gago, o Crédito Agrícola da Costa Azul e a Câmara Municipal de Grândola como homenagem ao legado do Dr. Evaristo de Sousa Gago. Desde o ano letivo de 1994/1995 já foram distinguidos 58 alunos do nosso Concelho.

A seleção dos melhores alunos é efetuada pelos estabelecimentos de ensino do Concelho em função do aproveitamento escolar ao longo de todos os anos que integram um ciclo de escolaridade.

A cerimónia está marcada para amanhã, às 19h00, no Cine Teatro Grandolense.

 

 

EVARISTO SOUSA GAGO (1908 – 1975)

Filho de David dos Santos Gago e de Maria de Sousa Sancho Gago, Evaristo de Sousa Gago nasceu em São Brás de Alportel a 26 de Junho de 1908.

Frequentou a Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra durante dois anos, tendo concluído o curso em Lisboa.

No início dos anos 30, fixou residência em Grândola, onde passou a exercer a sua atividade de médico, e onde casou com a grandolense Cândida de Matos.

Pessoa extremamente devotada à profissão, assumiu-a com competência e verdadeiro espírito de missão, o que lhe granjeou um enorme respeito e admiração por parte da população do Concelho.

Defensor intransigente dos ideais da Liberdade e Democracia, Evaristo Sousa Gago sempre se opôs ao regime imposto pelo Estado Novo. Tomou parte ativa nos principais movimentos contra o regime tendo sido mandatário, em Grândola, da candidatura à Presidência da República do General Humberto Delgado.

Quando fez 50 anos de idade, o povo de Grândola prestou-lhe uma grande homenagem de reconhecimento pela sua atividade médica e postura cívica.

Faleceu a 17 de Outubro de 1975, e jaz sepultado no cemitério municipal de Grândola. Reconhecido como uma das mais importantes figuras da história do concelho de Grândola no século XX, foi-lhe erigida uma estátua, e atribuído um prémio anual com o seu nome aos três melhores alunos do concelho que completem os 2o e 3o ciclos do ensino básico e do ensino secundário. Em 2002 foi-lhe, também, atribuída a título póstumo a Medalha de Mérito Municipal.

Partilhe esta notícia