Na audição ao Ministro da Saúde que se realizou hoje, 11 de março, na Comissão Parlamentar de Saúde, as Deputadas do Bloco de Esquerda Helena Pinto e Mariana Aiveca confrontaram o Ministro da Saúde com o retrocesso que se vive no SNS por responsabilidade deste Governo.

No passado dia 26 de fevereiro, uma delegação do Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda composta por Helena Pinto, Joana Mortágua e Cristina Andrade recebeu a Plataforma Juntos Pelo Hospital no Concelho Do Seixal, representada pelo Presidente da Câmara Municipal do Seixal, Joaquim Santos, pelo Presidente da Assembleia Municipal do Seixal, Alfredo Monteiro, pelo representante da Comissão de Utentes, Sales Luis e pelo Presidente da Junta de Freguesia de Amora, Manuel Araújo.

Neste reunião foram abordadas as dificuldades de acesso e qualidade dos serviços de saúde na margem sul, a falta de médicos de família e de cuidados de saúde primários, assim como a sobrecarga do Hospital Garcia de Orta que tem consequências dramáticas para as populações do distrito.

O Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda comprometeu-se com a defesa da construção do Hospital do Seixal, reivindicada pela população e há muito prometida por sucessivos Governos, e com todas as exigências de valorização e ampliação da rede de cuidados primários no Distrito de Setúbal.

A Distrital de Setúbal do Bloco de Esquerda não pode deixar de repudiar a posição hoje assumida pelo Ministro da Saúde Paulo Macedo, que excluiu a possibilidade de construção de um Hospital no Seixal para aliviar a pressão e a sobrelotação sentidas nos hospitais de Almada e Setúbal.

Partilhe esta notícia