GDESSA Barreiro 65 CB Queluz 56

Mais uma vitória “amarga”.

No comentário ao jogo anterior, afirmámos “ficamos sempre com a sensação que qualquer coisa não está a funcionar no GDESSA.” e aquilo queríamos dizer, voltou a acontecer no jogo de ontem. Não se percebe que as entradas da equipa do Barreiro nos últimos jogos sejam sempre de forma apática, falta de ritmo e desorganizadas.

No 1ª período a equipa da casa fez 6 pontos e vai para o intervalo empatada por 27-27. As pupilas de Miguel Minhava estavam a jogar contra a equipa que está em 11º lugar na classificação e joga para não descer de divisão.

O intervalo fez bem à equipa da casa e no 3º período o GDESSA faz um parcial de 22-12, com destaque para a atitude de Márcia Costa ao fazer a diferença. 

O 4º período é ganho pela equipa forasteira, mas o que é determinante para a sua derrota é a falta de maturidade da equipa (média de idades da equipa é de 17 anos) e de 29 turnovers.

Na formação do GDESSA destacaram-se Márcia Costa (19pts, 2res.) e Aline Moura (18pts, 14res.) enquanto no CB Queluz estiveram em evidência Djenifer Monteiro (20pts, 11res.) e Filipa Cruz (11pts, 12res.).

A arbitragem esteve em bom nível na 1ª parte com destaque para o árbitro Paulo Martins. Na 2ª parte cometeram vários erros, alguns deles desnecessários, mas sem ter influência no resultado final. 

Depois de várias jogadoras terem estado infetadas com Covid-19 e de lesões, espera-se agora um crescente do GDESSA que recebe dia 6 Março pelas 15 horas a visita das madeirenses do CAB, jogo que pode ser visto de forma gratuita no site FPBTV.

Os melhores momentos do jogo pode ser visto em:

A classificação e resultados da Liga Skoiy podem ser vistos em: 

claudioanaia@gmail.com

Fotos: FPB