A proposta, apresentada pela CDU, de alterar o nome da Avenida de Olivença para Avenida Acácio Dores não passou na reunião pública da Câmara Municipal do Montijo de 23 de novembro, tendo sido reprovada com os votos contra do PS, as abstenções do PSD e os votos a favor da CDU.

O presidente da Câmara Municipal do Montijo, Nuno Canta, considerou que “a proposta apresentada pela CDU é uma ofensa a memória dos montijenses, pois pretende mudar o nome de um lugar com história e memória, a Av.ª de Olivença. A denominação de Olivença faz jus à simpatia e solidariedade dos montijenses com a causa de Olivença, território português sob administração espanhola, simbolizando o nosso patriotismo”.

Nuno Canta garantiu, ainda, que a câmara sempre homenageou os autarcas montijenses, independentemente da sua cor política e partidária, e como tal tem a intenção de atribuir o nome de Acácio Dores a um arruamento da cidade, fazendo perdurar na história e na memória a figura do presidente Acácio Dores, com toda a dignidade que merece.

 

 

 

Partilhe esta notícia