No passado sábado, dia 9 de maio, o Museu Agrícola da Atalaia recebeu a terceira sessão pública da iniciativa Conversas no Bairro. Um fórum aberto à participação pública dos cidadãos no processo de revisão do Plano Diretor Municipal (PDM).

Nuno Canta, presidente da Câmara Municipal do Montijo, recordou que “a União das Freguesias da Atalaia e do Alto Estanqueiro Jardia, embora inicialmente fossem territórios predominantemente agrícolas, hoje em dia, devido a sua pequena dimensão/parcela e à sua não rentabilidade, transformaram-se em territórios abandonados no que se refere às suas explorações agrícolas”.

“O território é pontuado, agora, por novos bairros e nova urbanização e há um misto entre uma zona urbana e uma zona agrícola que precisa ser potenciada”, explicou o presidente.

Uma outra questão apontada pelo autarca foi a consolidação do espaço urbano “a necessidade de ‘cerzir’ o tecido urbano que foi iniciado, mas que ainda não foi ocupado na sua totalidade, e a necessidade dessa interligação com a questão agrícola e urbana”.

Uma variante da Estrada Nacional 4 com nó de acesso da Atalaia à Vasco da Gama, uma ciclovia Montijo-Pinhal Novo, a sutura da malha urbana, uma área dedicada a atividades económicas e um mercado de produtos locais foram algumas propostas apresentadas pela equipa do PDM da Câmara Municipal do Montijo.

Um Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural, a ligação pedonal do Montijo à Atalaia, assim como uma via de acesso direto à Ponte Vasco da Gama foram algumas das sugestões deixadas pelos munícipes presentes.

As Conversas no Bairro decorrem até julho de 2015 com, pelo menos, uma sessão por freguesia e com incidência geográfica em áreas ou bairros específicos do concelho.

A iniciativa procura auscultar as problemáticas, as ideias e os contributos da sociedade civil para a revisão do PDM, assim como debater temas como o ordenamento do território, o ambiente, a cultura, o desporto, a cidadania, a solidariedade, entre outras.

A quarta sessão de Conversas no Bairro terá lugar no próximo dia 28 de maio, pelas 21h00, no auditório da Escola Profissional do Montijo.

Partilhe esta notícia