No passado domingo, dia 13, no santuário de Cristo Rei, D. José Ornelas presidiu à celebração de encerramento do Jubileu na diocese de Setúbal com a presença de mais de 1000 pessoas.

Conforme diz o site da diocese: “Antes da celebração eucarística, e depois de um concerto musical pelo grupo Simplus, ouviram-se testemunhos de diferentes cristãos que falaram do modo como cada grupo e movimento viveu o Ano da Misericórdia.

A primeira palavra da homilia de D. José foi um convite à ação de graças pelo dom deste ano, que coincidiu praticamente com o seu primeiro ano no serviço de Bispo de Setúbal. Agradecimento também à Mãe de Jesus que precedeu este jubileu com a sua visita a Setúbal e que guiou o novo Bispo nos primeiros passos pelas ruas da Diocese.

Lembrou os vários momentos de celebração do jubileu por grupos e movimentos: os presbíteros, os diáconos, os jovens, os escuteiros, os vários movimentos, as famílias, as crianças e muitos outros que foram ocasião de encontro com a Misericórdia de Deus e de crescimento da misericórdia nas relações com o próximo, à luz da parábola do bom samaritano.

Apontou para o que este Ano jubilar deverá fomentar entre nós: proclamado pelo Papa após dois sínodos sobre a Família, a lembrar que nesta se aprende a viver e se pratica a misericórdia que há de transformar as relações entre grupos e povos no mundo inteiro, a Igreja diocesana vai caminhar ao longo do próximo biénio numa atenção particular pelas famílias e pela pastoral familiar. ”

 

Cláudio Anaia
Fotos: Bruno Máximo Leite

Partilhe esta notícia