Concertos acústicos e meditação a bordo da embarcação Maravilha do Sado, em pleno rio Sado, são propostas de um novo projeto organizado pela Câmara Municipal de Setúbal, a realizar nos meses de junho e julho.

“Maravilhas do Sado: Experiências a Bordo”, promovido pela Câmara Municipal de Setúbal, teve início a 4 de junho, com concerto do músico setubalense Noitibó, projeto musical a solo de Pedro Banza que junta o blues do vale do Sado com o folk-experimental das planícies alentejanas.

No dia 9, realizou-se meditação a bordo orientada pelo professor de Tomás Mello Breyner.

As viagens, com a duração de duas horas, realizam-se às sextas-feiras, às 18h00, com concerto, e aos domingos, às 09h00, com meditação.

Com embarque e desembarque na Doca dos Pescadores, concretamente atrás do edifício da Lota, o percurso fluvial passa pela costa das praias da Serra da Arrábida e conta com uma paragem em frente do Portinho da Arrábida, onde se realiza a experiência.

Os bilhetes, com um custo de quatro euros, podem ser obtidos na Casa da Cultura, sempre às terças-feiras, às 12h00, para os eventos a realizar nessa semana.

Mais informações sobre o projeto podem ser obtidas através do endereço de correio eletrónico maravilhadosado@mun-setubal.pt.

A Maravilha do Sado é uma embarcação típica dos anos 50, recuperada em 2014 pela Câmara Municipal de Setúbal.