Este dispositivo irá manter-se até ao pôr-do-sol e caso as buscas não tenham sucesso, a situação será monitorizada durante a noite, estando planeado o retomar das buscas amanhã, pelas 07h30, com o mesmo dispositivo.

Durante as buscas foi avistado o parapente numa zona de rebentação sem condições de segurança para que os meios pudessem chegar ao local, não havendo para já qualquer confirmação de que as pessoas desaparecidas se encontrem no local.

Alegadamente, o grupo, constituído por dois homens e uma mulher, estava a praticar parapente e dois dos praticantes já tinham concluído a descida quando o terceiro elemento do grupo, uma senhora, caiu dentro de água. Os dois elementos em terra terão tentado socorre-la, tendo eles também acabado por ser envolvidos no acidente.

Um homem com cerca de 45 anos foi retirado do mar em paragem cardiorrespiratória, acabando por se confirmar o óbito no local pela equipa do INEM.

Os outros dois elementos deste grupo permanecem desaparecidos, estando por isso as buscas a ser intensificadas até ao pôr-do-sol.

O Capitão do Porto de Setúbal está a coordenar as operações no local.

​Neste momento, está no local uma embarcação da Polícia Marítima, uma embarcação do Instituto de Socorros a Náufragos, a corveta da Marinha “NRP Jacinto Cândido”, um helicóptero EH-101 da Força Aérea Portuguesa, duas equipas da Polícia Marítima com viatura todo-o-terreno, uma moto4 do Instituto de Socorros a Náufragos com nadadores-salvadores, uma equipa da Proteção Civil de Sesimbra com uma viatura todo-o-terreno e uma ambulância dos Bombeiros Voluntários de Sesimbra.

Partilhe esta notícia