Em setembro de 2016, o Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, acompanhado pelos deputados socialistas eleitos pelo círculo de Setúbal, e de um conjunto de dirigentes distritais e locais do PS, visitaram a Escola Secundária João de Barros, em Corroios, no Seixal.
Essa iniciativa ficou marcada pelo anúncio do Governante de que a empreitada com vista à requalificação da escola iria avançar logo que possível considerando que tudo estava a ser feito para pôr fim às inadequadas condições em que profissionais da educação, auxiliares e alunos desenvolviam as suas competências
Recorda-se que se a esta grave situação se chegou muito o devemos a quatro anos e meio de total abandono e incapacidade de decisão da Governação de direita de Passos e Portas, que permitiu que as obras se mantivessem interrompidas durante um escandaloso período de tempo e que a escola fosse abandonada à sua sorte.
Ao longo dos últimos anos, os deputados e autarcas do Partido Socialista bateram-se para inverter esta insustentável situação e encontrar uma resolução digna para este problema. Na Assembleia da República, mas também nas sessões de Câmara e Assembleia Municipais do Seixal, foram realizadas perguntas, propostas e intervenções sobre esta matéria, não permitindo que o assunto caísse no esquecimento.
Mas, foi por ação do Governo socialista que chegou recentemente o desbloqueamento da situação.
Nos dias 22 e 23 de fevereiro, foram publicadas em Diário da República as Portarias n.ºs 42 e 44/2017, através das quais os Ministérios da Educação e das Finanças autoriza a Parque Escolar, E.P.E., a assumir encargos relativos ao contrato para a prestação de serviços de gestão e fiscalização da empreitada, bem como da concretização das obras de conclusão de modernização da Escola Secundária João de Barros, num investimento total de cerca de 9 milhões de euros.
Os parlamentares socialistas, a Federação Distrital de Setúbal e o PS Seixal registaram com enorme com enorme satisfação a esta boa nova para o concelho do Seixal.
A defesa da escola pública faz-se de atos concretos e este é mais um contributo para a sua defesa. Prometemos, cumprimos.
Neste sentido, saudamos o Governo do PS, e em particular o Ministro da Educação Tiago Brandão Rodrigues, pela correção de uma injustiça que há muito prejudicava os jovens seixalenses.