Os autarcas do PSD consideram “bastante graves” as afirmações do presidente da Câmara Municipal do Montijo, Nuno Canta, que acusou a CDU de corrupção no concelho, pedindo “cabais esclarecimentos” sobre esta questão.

Os social-democratas confessaram a sua “surpresa” pelas afirmações do presidente da autarquia, em entrevista a um órgão de comunicação social, em que acusa a CDU de corrupção no Montijo.

“Nuno Canta está há 17 anos ininterruptos a tempo inteiro na Câmara, primeiro como vereador e agora como presidente,  e tendo em vista  que a questão suscita de todos nós, autarcas e cidadãos, um interesse legítimo acerca da legalidade e honestidade da actuação dos membros da autarquia, queremos saber a que corrupção se refere, quais os crimes praticados, que medidas foram tomadas e se existem processos judiciais contra a CDU”, adiantam.

Os autarcas do PSD sublinham que “não se identificam com este género de afirmações nem acreditam que os membros da CDU de Montijo sejam ou tenham  sido corruptos”.

“Queremos ver este assunto esclarecido, em nome da transparência  e da verdade, sendo esta uma questão que iremos querer ver resolvida já nesta sexta-feira, em Assembleia Municipal, esperando que também a CDU defina asua posição”, exigem os social-democratas.

 

PSD Montijo

Partilhe esta notícia