Sara Machado Gomes, viu reforçada a confiança da sua liderança por parte dos militantes do CDS-Partido Popular em Almada, nas eleições internas que se realizaram para os órgãos concelhios do partido. 
No acto eleitoral apenas uma lista se apresentou a votos para a Comissão Política Concelhia, Lista A, de igual modo à Mesa do Plenário Concelhio também Lista A. No que respeita aos Delegados à Assembleia Distrital, foram a votos duas listas, onde foram eleitos 5 delegados pela Lista A e apenas 1 delegado pela Lista B, num resultado final global de 81,57% e de 18,42%. 
A reeleita presidente da concelhia pretende reforçar a união do partido em Almada a fim de dar continuidade ao trabalho que tem vindo a ser feito com a sua direcção e com os militantes, com o objectivo de colocar ao dispor dos almadenses uma alternativa forte e confiante tendo desde já como grande objetivo as eleições autárquicas deste ano onde Sara Machado Gomes defende um projecto para o concelho ambicioso e abrangente. 
A Direcção do CDS-Partido Popular de Almada, representada por Sara Machado Gomes, continua a defender como principais bandeiras no concelho, as políticas sociais e de proximidade, os transportes e a mobilidade, a saúde, a segurança, a economia e o emprego, tal como defende a criação de um plano integrado e ambicioso no que respeita à requalificação do espaço público onde se inclui o património histórico ao mesmo tempo que defende uma intervenção com mais ambição na área do turismo. O património cultural, artístico e associativo tão vasto e com enormes tradições no concelho, segundo a concelhia de Almada, deve também ser tido em conta.


O CDS-Partido Popular Almada