A cerimónia do início do ano letivo da universidade sénior do montijo 2014/2015 teve lugar no dia 7 de outubro, no auditório da Escola Profissional do Montijo.

Uma tarde animada onde foram distinguidos os professores que há mais anos colaboram com a universidade e os alunos que, desde o primeiro ano, renovam a sua matrícula.

Durante a cerimónia foram dadas a conhecer algumas das iniciativas a decorrer durante o próximo ano letivo e apresentados pequenos apontamentos das disciplinas mais recentes do plano curricular da universidade, Zumba Gold, Sevilhanas e Defesa Pessoal.

Nuno Canta, presidente da Câmara Municipal do Montijo, sublinhou a importância da existência das Universidade Seniores, afirmando que “o desenvolvimento de uma cidade, de um país só se alcança quando nos dedicamos à questão do envelhecimento ativo, à aprendizagem ao longo da vida, ao conhecimento, à ciência e à cultura”.

“As dificuldades que vivemos hoje obriga-nos a valorizar uma universidade de todos os saberes, de todas as culturas, do pensamento crítico que vive da sua universalidade e da sua abertura ao mundo”, ressaltou Nuno Canta.

Para o autarca, a essência do projeto político da universidade sénior passa por “mobilizar os cidadãos seniores para a imaginação, para a criatividade, para o conhecimento, para a cultura. A universidade Sénior é um projeto crescentemente participado, que quer ir ao encontro dos anseios dos nossos idosos, reencontrar os valores fundamentais da solidariedade, da participação e da responsabilidade.

A tarde terminou com uma degustação de iguarias, iniciativa organizada e dinamizada pelo professor Arnaldo Castanheira, da disciplina de turismo.