No âmbito da candidatura do Partido Socialista às eleições legislativas, a cabeça de lista pelo Distrito de Setúbal, Ana Catarina Mendes, acompanhada de outros candidatos a deputados, pelo Presidente da Câmara Municipal de Sines e por membros da Comissão Politica Concelhia, visitou o porto de pesca e a Docapesca.

Os candidatos reuniram com a Associação de Armadores de Pesca Artesanal e Cerco do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, tendo o seu Presidente manifestado as preocupações com a situação em que se encontra o setor da pesca. Foi relevado pelo Presidente da Associação de Armadores as dificuldades que existem no recrutamento de pessoal para a pesca, a diminuição da área pesqueira, o baixo preço a que o pescado é vendido pelos produtores, a quota reduzida que foi atribuída à pesca da sardinha e os problemas que existem ao nível da formação profissional que nos moldes em que funciona na facilita a integração de pessoal no setor.

Ana Catarina Mendes, considerou absolutamente lamentável que a Ministra da Agricultura tenha aceitado a negociação das cotas com base num estudo que, após os protestos dos pescadores, veio reconhecer estar mal elaborado.

Reafirmando as propostas do PS para o setor, tal como estão no programa apresentado ao País pelo candidato a Primeiro-ministro António Costa, lembrou que esse é o compromisso que temos para assumir e respeitar se assim o eleitorado, como esperamos, confie em nós no próximo dia 4 de outubro.

Terminou a reunião agradecendo a disponibilidade de diálogo da Associação de Armadores e confiante que com a Alternativa de Confiança, Portugal encontrará um novo futuro e, que em concertação, se encontrarão os caminhos mais adequados para o setor das pescas tão relevante para a economia do mar.

 

Partilhe esta notícia